segunda-feira, 22 de julho de 2013

sempre pra frente


confesso que há uns meses tenho me feito essa pergunta muitas vezes...
sabe criança pequena quando descobre o porque? essa tenho sido eu!
porque eu sei fazer tanta coisa e preciso trabalhar com o que eu não gosto?
ai ai ai... o dilema de quem não sabe ser coxinha, né?
mas depois de surtar, chorar muito, não me conformar e depois me conformar - afinal, tenho contas pra pagar - estou recobrando a consciência, recuperando meu foco e começando a organizar meu tempo pra fazer tudodeumavezagora, como eu sempre gostei de fazer!
não me abandonem, tá? porque eu já tô voltando...

Um comentário:

Jess Block disse...

Sabe quando a gente lê alguma coisa e pensa: "será que não fui eu que escrevi isso?". Pois é...
Deve ser mal de quem trabalha com criação, isso de estar sempre inconformado.
Às vezes é bom, é o que faz a gente continuar buscando e tentando melhorar, mas na maior parte do tempo é frustrante e desgastante, porque te faz sentir incapaz, covarde, limitado.
Ainda estou pensando no que eu vou fazer pra resolver mais essa crise existencial, mas to vendo que a única solução é a que você encontrou: fazer tudo, ao mesmo tempo, agora.
Boa sorte, Mila!
Me conta quando der certo.
:*