domingo, 21 de junho de 2009

Aprendizado

Tava lendo o Blog da Ana Sinhana e me deparei com uma palavra que eu não fazia a mínima idéia do que significava: MANIQUEÍSMO

Como eu sou muuuuito curiosa, e queria entender o que eu tava lendo, 'joguei no google' e encontrei o significado. Vou compartilhar com vocês porque achei muito interessante. (só que vou colar só uns trexos, quem quiser saber mais, clica aqui!)

"
Maniqueísmo: a luta entre o Bem e o Mal
O maniqueísmo
é uma forma de pensar simplista em que o mundo é visto como que dividido em dois: o do Bem e o do Mal. A simplificação é uma forma primária do pensamento que reduz os fenômenos humanos a uma relação de causa e efeito, certo e errado, isso ou aquilo, é ou não é. A simplificação é entendida como forma deficiente de pensar, nasce da intolerância ou desconhecimento em relação a verdade do outro e da pressa de entender e reagir ao que lhe apresenta como complexo. "A pressa de saber obstrui o campo da curiosidade e liquida a investigação em muito pouco tempo", declara o psicanalista W. Zusman (A terra sob o poder de Mani, JB/s.d.). A pressa não é só inimiga da perfeição, é também inimiga do diálogo, do pensamento mais elaborado, sobretudo, filosófico e científico.

(...)
A expressão maniqueísmo ganhou uso corrente ao definir aquele tipo de pessoa ou aquele tipo de pensamento de estruturação dualista que reduz a vida (ou alguns de seus aspectos) a pares antagônicos irreconciliáveis, tipo: direita/esquerda, corpo/mente, reacionário/progressista, belicista/pacifista, fiel/infiel, capitalista/comunista, individualismo/coletivismo, branco/negro, ariano/judeu, raça superior/raça inferior, objetivo/subjetivo e assim por diante. "É evidente que não se pode deixar de reconhecer a existência daquilo que cada um desses pares antitéticos nomeia, mas o pensamento maniqueísta vai além na medida em que considera que um lado deve destruir o outro, porque um é Luz e o outro Trevas" (Zusman), um é o Bem e o outro é o Mal."

Levando em conta o conceito aplicado aos dias de hoje, acabamos sendo maniqueístas muitas vezes.
Mas eu acredito que não podemos ser extremistas assim. Se não concordo em algum ponto com você não quer dizer que estou do outro lado da corda. O ser humano é o equilíbrio de luz e trevas, do bem e do mal, como tudo na vida é equilíbrio. Onde alguns erram, outros acertam, e vice-versa. E são nos nossos erros e nos erros dos outros que estão escondidos os aprendizados da vida.
Como diria minha sábia vózinha, nós temos que prestar atenção nos erros dos outros pra ir corrigindo na gente. Se eu acho que minha mãe não age de forma correta hoje, então que eu tente melhorar isso em mim pra não agir da mesma forma com os meus filhos. Já melhorei muitas coisas tentando colocar isso em prática. Não vamos mudar ninguém... e o que importa é o que somos para nós mesmos. Nós somos pros outros o que somos pra nós mesmos.

Nenhum comentário: